agosto 17, 2013

Mosteiro da Ajuda

 

 

Desde os primeiros anos do século XVII ou, talvez, já anteriormente, existia uma capelinha de Nossa Senhora nas imediações da Lagoa de Santo Antônio, precisamente no ponto onde hoje se situa a rua Evaristo da Veiga com a Rua 13 de Maio. Essa modesta capelinha viria ser o princípio do venerando Convento de Nossa Senhora da Conceição da Ajuda, tão intimamente ligado à vida dos habitantes da posterior opulenta Metrópole de São Sebastião do Rio de Janeiro.

Este mosteiro foi fundado no dia 26 de julho de 1678. A inauguração se deu no dia 30 de maio de 1750, quando doze postulantes entraram na clausura, para doravante viver segundo a Regra das Concepcionistas Franciscanas, com as Constituições do Mosteiro da Luz de Lisboa, adaptadas ao nosso país.

Foi a segunda Comunidade Religiosa Feminina no Brasil (a primeira foi a das Clarissas do Desterro em Salvador) e atualmente é a mais antiga existente. Ereção canônica no dia 24 de janeiro de 1749 – Licença Régia 20 de novembro de 1749

A vida regular no Convento da Ajuda iniciou-se sob a direção das Monjas de Santa Clara, do Mosteiro do Desterro da Bahia. Quando de sua volta, depois de onze anos, deixaram na Ajuda fluorescente comunidade, não somente em número e observância, mas também em Religiosas de dotes intelectuais.

Em 1760 foi eleita a primeira Abadessa Concepcionista, a Madre Maria Isabel da Cruz. As Clarissas partiram no ano imediato, com farta messe de merecimentos diante de Deus e acompanhadas pela gratidão das Monjas da Ajuda.

Em 1855, o Governo imperial baixou a Lei Nabuco, de 19 de maio, que proibia as admissões e profissões nas Ordens Religiosas.

Em 1886, a Comunidade da Ajuda compunha-se da Madre Abadessa Maria das Dores (1875 a 1889) e de mais quatro companheiras. Várias vezes, recorreu a Abadessa à intervenção da Princesa Isabel, em suas visitas ao Convento, para obter a reabertura do Noviciado. Não conseguiu resultados e só quando caiu a Monarquia, a Igreja pôde respirar e voltar ao normal.

As quatro monjas se tornaram, então, os alicerces da restauração da Comunidade do Mosteiro de Nossa Senhora da Conceição da Ajuda. No dia 13 de junho de 1891, reabriu-se o Noviciado com a admissão de quatro Educandas, que devidamente preparadas, receberam no dia 1º de julho do mesmo ano o hábito de Concepcionistas Franciscanas.

Da fundação até 2000 professaram 215 religiosas • De 1750 a 1862 – 112 • De 1892 a 1912 – 22 • De 1923 a 1999 – 81 • De 1862 a 1892 – Noviciado fechado • De 1912 a 1923 – Convento Provisório na rua Conde do Bonfim • Em 1923 foi a primeira Profissão no Mosteiro atual de Vila Isabel.

Mosteiro da Ajuda « Franciscanos.org.br

Profissão Solene de Sor Helena de Jesus

Profissão Solene de Sor Helena de Jesus
Profissão Solene de Sor Helena de Jesus

Avé Maria Puríssima !

Santa Beatriz da Silva

As Irmãs a seguir

Campo Maior - Portugal

Espanha - Galeria _ Fed. Sta María de Guadalupe

Created with picasa slideshow.

Brasil - Galeria _ Fed. Imaculada Conceição

Created with picasa slideshow.